Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Poesia Desconhecida

A Poesia Desconhecida

26
Jan23

OS RICOS MAUSOLÉUS

Talis Andrade
 
 
 
Valle de Los Caídos | Xadrez Verbal
Valle de los Caídos
 
 
 


 

 

 

Os enterros solenes

os imponentes túmulos

os deslembrados nomes

assinalados nas lajes

fúnebre vaidade

dos que juntaram fortunas

às custas dos males

que empestam a terra

a escravidão a fome

a corrupção a guerra

 

Neste e no outro mundo

o dinheiro não compra nada

Em que chão estão enterrados

Moisés Lao-tsé e Confúcio

Acreditam os judeus

que em Hébron

descansam Adão e Eva

Abraão e Isaac

No Valle de los Caídos

dançam o velho Franco

e sua filha Carmen

a vida desventurada

por nao ser coroada

rainha d Espanha

 

Os potentados esbanjam

fortunas ofícios e artes

na construção de mausoléus

Empilham ricos tesouros

para os violadores

de túmulos

os profanadores

que perambulam

pela noite escura 
 
 

25
Jan23

VALLE DE LOS CAÍDOS

Talis Andrade

 

 

Nas faldas da serra

de Guadarrama

Francisco Franco

ergueu particular

separado almocávar

para a continuação

do dissimulado reino

dos cadáveres mumificados

 

Em Guadarrama

mandou enterrar

velhas damas

de uma nobreza fantasma

generais e sacerdotes

angelicais torturadores

da Espanha de Torquemada

 

Em Guadarrama

o pequeno suserano

mandou enterrar

melancólica corte

de fanáticos seguidores

megalomaníaco intento

de no inferno possuir

os serviços prazerosos e sujos

de uma legião de servos

sevos aduladores 

 

 
25
Jan23

CADÁVERES DEIXAM RASTROS

Talis Andrade
 
 
 
 
 
Vida y muerte de Federico García Lorca
 

 

As flores selvagens

as orquideas e gerânios

os lírios nos campos

encobrem sagrados

perfumados túmulos

encantados túmulos

 

Nas valas comuns

permanecem invisíveis

as virgens estupradas

Mães operárias

mães camponesas

nutrem com suas carnes

a terra estéril

 

No ventre d'Espanha

grávida da morte

os corpos dos guerreiros

que não se renderam

 

Em cada sepultura

sem campa

nas serras e vales

nos montes gelados

no lodo dos lagos

na fonte de lágrimas

os mortos anônimos

malsinam os crimes

do generalíssimo Franco 

25
Jan23

O PANTEÃO

Talis Andrade

 

“A face que devemos encarar é a de um Lorca distante de um paladino de esquerda, próximo à de um poeta político”
 

 

No azul do céu

nas flores

nos frutos

no vinho generoso

da videira sagrada

a lembrança

 

Nos verdes gramados

na neve branca

em cada pedaço

do sagrado chão

definitivamente gravado

o nome

 

Cada recanto da Pátria amada

porque lhe foi negado

um campo santo

guarda

o corpo

 

O panteão de García Lorca

o coração d´Espanha 
 
  

 
 
 
 
 
 
25
Jan23

A ESPANHA DE GARCÍA LORCA

Talis Andrade

garcía lorca0.jpg


 
 

 

 

Proibido pela censura

o nome de Federico

del Sagrado Corazón de Jesús

García Lorca

não é mencionado

nas cátedras e púlpitos

 

Mas por todos os cantos

da Velha Espanha

nas ruas do povo

nos campos de concentração

e cavas

escuto o nome inter-

dito secreto nome

sacralizado com sangue

e lágrimas

Lágrimas e sangue

o tempo não lava

 

Por toda Espanha

o povo sofrido

exige reparação

Todo homem

que sobrevive

clama por justiça 

 

Por toda Espanha

às escondidas

o povo recita

de García Lorca

a imortal poesia

De García Lorca

os enamorados cantam

(e)ternas canções

 

Na católica Espanha

das mulheres as orações

pela alma de Federico

del Sagrado Corazón de Jesús

 

Enquanto existir

Andaluzia

o sol a brilhar

enquanto existir

a Poesia 

García Lorca

não morrerá

não morrerá 
 
 
 

24
Jan23

A MISSÃO DO CAUDILHO

Talis Andrade

 

Francisco Franco.jpg

 

Tudo que Hitler pedia

Franco oferecia

 

Te entrego cem mil

prisioneiros

Toda uma escória

de comunistas

de anarquistas

de republicanos heréticos

para o treino

dos teus guerreiros

para o teste

do teu armamento bélico

tua legião Condor

teus aviões

tanques

tuas bombas incendiárias

e de fragmentação

 

Ofereço meus reinos de Portugal

Castela e Aragão

Ofereço a Galiza

a Catalunha

e Madri

 

Quero que derrubes

o Velho Carvalho

de Guernica 

de verdejante sombra

que abriga

os sabios e

indomaveis feras

 

Ofereço

os santos ofícios

da Santa Inquisição

invento e organização

de mais de 180 campos

Dois em Sevilha

Dois em Alicante

Dois em Barcelona

Dois na Grã Canária

Tenho mais de 180

campos de concentração

O campo de Castuera

o campo de Miranda de Ebro

o campo da península de Llevant

Tenho mais de 180

campos de concentração

Ofereço o Betanzos

Ofereço a Guarda da Pasaxe de Camposancos

Ofereço o Hostal de San Marcos de León

Ofereço o Mosteiro de Corbán

Tenho mais de 180

campos de concentração

 

Tudo que Hitler pedia

Franco oferecia

pela terrena missão

de ser caudilho

pela graça de deus

 

O diabo sabe

que deus

 

 
 
Campos de concentração franquistas – Wikipédia, a enciclopédia livre
 
 
 
24
Jan23

AUGUSTO NOME

Talis Andrade

 

Franco Richter.jpg

 

 

Por toda Espanha

as cidades ostentam

o celeste nome

imposta condição

de rendição e posse

 

O nome esculpido

no mármore

o nome gravado

em bronze

o nome reluzindo

em ouro

o nome reluzindo

em prata

 

Por toda Espanha

nas placas das ruas

nos obeliscos

nos arcos de triunfo

no frontispício

dos edifícios

nos vitrais dos palácios

nas manchetes dos jornais

o nome

 

Em tudo que o tempo destrói

o nome de Franco  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2022
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2021
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2020
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2019
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2018
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2017
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub