Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Poesia Desconhecida

A Poesia Desconhecida

06
Abr17

O HOMEM COM QUEM NINGUÉM SE PREOCUPA  

Talis Andrade

 

velhice- nery.jpg

 

 

A vida uma encenação

farsa que represento

sem a mínima vocação -

o reprisado enredo

de escapar ileso 

 

A vergonha o medo

me vejam

driblando a fome

me julguem

pelos (ul)trajes  

 

a bata

de professor

suja de giz  

 

o lavado terno

a gravata

em que se enforca

o funcionário público  

 

o engomado terno

passado a ferro

das entrevistas

solenidades e festas

dos jornalistas  

 

“O trabalho enobrece” -

a frase gravada na porteira

dos campos de concentração

 

Se Hitler estava certo

o trabalho liberta

enriquece e engrandece

 

Que aluno lembra o nome de um professor

Quem memoriza o rosto de um servidor

no birô de uma repartição 

Quem realmente se preocupa o ancião

termine nas filas dos bancos

para receber o mínimo salário piso

pago pela previdência

O ancião inciso arraste a aposentadoria

como uma humilhante penitência

O ancião espere a morte

nas filas dos hospitais

quem realmente se preocupa 
 
 
 
 
 
 
 
 


 

 

---

Ilustração: Velhice, por  Emmanuel Nery 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D