Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Poesia Desconhecida

A Poesia Desconhecida

27
Mai17

O CORPO INTERDITO

Talis Andrade

A desdita de me consumir

no não-dito       

na síndrome de pânico

no corpo interdito

 

A desdita de me consumir       

no medo da entrega       

no que poderia advir       

além do muro       

 

que ergui       

entre eu e você       

entre eu e o mundo 
 


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D